Era Uma Vez no Oeste

("Once Upon a Time in the West/C'era una volta il West", 1968, Dir.: Sergio Leone)



Leia o texto completo e atualizado aqui.


Henry Fonda, Claudia Cardinale, Sergio Leone, Charles Bronson e Jason Robards

2 comentários:

Felipe Thiroux disse...

Clap, clap, clap!

Parabéns! A resenha fez jus ao filme que homenageia, esse também no topo da minha lista de melhores de todos os tempos!

Zeldrie disse...

Costumo ler quieta e nunca fazer comentários, mas sua postagem merece um olé! Filmes como Era uma vez no Oeste nos elevam os padrões, quem consegue assistir um filme mediano qualquer depois disto. Sergio Leone é um gênio, rodeado de outros gênios, parece que o contato com ele elevou a carreira de muita gente. Fiquei feliz de já ter assistido o filme, pois você o detalhou todo com muita clareza. Pensei muito sobre isto, quando você assiste a uma obra prima, fica com ela na cabeça. Na minha, ficou por semanas e fui pesquisar e devorar cada informação a respeito, como, onde, porque, de onde veio esse cara, o que o inspirou, como conseguiu aqueles atores, talhados perfeitamente e o olhar sinistro do Henry Fonda, que mete um medo danado! Perguntas e mais perguntas. Agradeço por ter sanado algumas, porque obras assim nos fazem pensar, os diálogos são tão poucos neste filme, mas dizem tanto. Acho que nunca tinha ficado tão fascinada por uma obra como fiquei por esta.
Enfim, um filmaço!